sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

poema - S.Ó.S

O poema que segue foi publicado no livro "partitura" (AL-Chaer, poemas, UCG Editora, 2006).
.
Segundo a Silvana Guimarães, este poema é o menor poema que ela já leu (sic na época, início do ano 2000). A Silvana leu este poema há muito tempo, mas, se de lá pra cá, ela já leu um poema menor que este (e olha que a Silvana lê muito!), vamos considerar que este poema esteja entre os menores poemas que a Silvana já tenha lido.
.
Sabemos que poema não se mede, nem com régua, nem com trena, nem com paquímetro, nem com metro de pedreiro, nem com fita de costureira. Mas, se a Silvana falou, tá falado! E a Silvana não é uma menina desmedida.
.
E vou parar por ALqui, senão passamos das medidas.
.
* * *
.
.
S.Ó.S.
.
.
AL-Chaer
.
.
* * *

2 comentários:

maria fro disse...

Pesenti diz que tem também poemas sos e pó & cia, vou pedir pra ele pra resgatá-los :)

Anônimo disse...

Este é o menor poema que eu já li na minha vida, até hoje, 19 de fevereiro de 2008.
Um beijo,
Sil