terça-feira, 3 de junho de 2008

Matrimônio

Amanheceu o dia
e apesar da chuva
eu estava feliz

quis dividir contigo
e não te vi

pensei fosse a chuva
a te levar embora

então me lembrei

foi naquela madrugada
que nos perdemos
quando te viraste para o lado
(choravas)

e eu, de enfado
adormeci.

Asta Vonzodas



3 comentários:

maria fro disse...

Astita é incrível isso, alguém deve ter salvo em algum canto e uma dada hora acha...

Vamos fazer uma campanha, cadê o ovo de costura da Asta, escrito em fins da década de 1990, ente 1997-1999? Quem souber o paradeiro, venha sem demora aqui postar.
beijos

poetas_lusófonos disse...

Ontem estive procurando pelo Google, e acabei achando um poema da Asta e um da Ana Peluso, mas o ovo nada. Beijosvaldo

maria fro disse...

Continuemos na empreitada :)
beijos